Skip to Menu Skip to Search Contate-nos Angola Websites & Idiomas Skip to Content

A SGS é a líder global reconhecida em programas de testes metalúrgicos, incluindo estudos de escopo.

Os resultados dos testes conduzidos pelos respeitados especialistas técnicos da SGS oferecem dados confiáveis que lhe ajudam a aumentar o crescimento do seu projeto.

Um estudo de escopo é um estudo preliminar para definir o possível circuito metalúrgico de um projeto. Ele oferece

  • um fluxograma inicial completo com uma visão geral das operações de unidade requeridas
  • dados de moabilidade
  • indicações de dificuldades metalúrgicas ou falhas fatais, se as houver
  • indicação de recuperação de metais úteis
  • dejetos, água e outros tratamentos de resíduos ambientalmente sustentáveis
  • possível grau de produto final

Os dados ajudarão a sua equipe, financiadores e partes interessadas a avaliar o potencial do seu projeto e os próximos passos.    

Um estudo de escopo eficaz se baseia em métodos de testes metalúrgicos independentes e precisos. A SGS fez milhares de estudos de escopo e oferece testes de escopo para uma variedade extremamente ampla de minerais, incluindo:

  • Metais preciosos - ouro, prata, metais do grupo da platina
  • Metais de base - cobre, chumbo, zinco, níquel, cobalto (sulfuretos e óxidos)
  • Gemas, incluindo diamantes
  • Combustíveis - urânio, carvão, coque, biocombustível sólido, areias petrolíferas
  • Metais especiais - titânio, gálio, nióbio, zircônio, tântalo, estanho, tungstênio, berílio, metais alcalinos, elementos de terras raras, antimônio, mercúrio, bismuto, índio
  • Minerais industriais - fluorita, barita, sílica, óxidos de manganês e vanádio, areias minerais e outros

A posição reconhecida da SGS como líder do mercado em testes metalúrgicos assegura que o seu estudo de escopo lhe fornecerá os resultados confiáveis de que você necessita para que o seu projeto tenha sucesso. Somos uma empresa de testes, oferecemos e testamos várias tecnologias. Com a SGS, você obterá conselhos e relatórios realmente independentes. Não promovemos uma tecnologia, equipamentos ou conjunto de reagentes fixo. Nós avaliamos os parâmetros potenciais e recomendamo o fluxograma ideal para o seu minério.

A SGS sabe que cada jazida é única, e a nossa ampla experiência nos ajuda a chegar ao coração do seu estudo de escopo de forma fácil e eficiente. Para uma abordagem coerente, os nossos estudos de escopo cobrem um grande número de áreas que influenciam o sucesso do seu projeto. A seleção exata de testes que são feitas em um projeto específico pode variar, dependendo do tipo de depósito, commodity a ser extraída, regulamentações ambientais e requisitos de investidor.

A SGS realizará o trabalho de teste nas seguintes áreas ao avaliar projetos no nível de escopo:

caracterização mineralógica

Esse é geralmente o primeiro passo de um conjunto de procedimentos de teste de escopo. Os resultados da caracterização mineralógica da SGS caracterizam com precisão o seu minério e identificam parâmetros metalúrgicos preliminares tais como  

  • comportamento de metais úteis e minerais refinados
  • Tamanho do grão, tamanho de moagem e remoagem  
  • Possibilidade de ouro refratário
  • Problemas de impurezas potenciais, como a presença de arsênico, mercúrio, selênio ou minerais radioativos
  • Informações relacionadas a preocupações ambientais, especialmente drenagem de rocha ácida (DRA)  

Desenvolvimento de fluxogramas preliminares

Os dados de caracterização mineralógica formam a base do fluxograma preliminar para o projeto. Testes em escala de laboratório padrões da indústria são conduzidos para testar a resposta metalúrgica de sua amostra e do fluxograma proposto.   

Os testes em escala de laboratório normalmente conduzidos nos laboratórios da SGS em todo o mundo incluem:

  • Moagem em escala de laboratório
    Testes de moagem como os testes de Índice de Trabalho de Vínculo, SPI, SMC e Queda de Peso nos ajudam a entender as características de dureza, moabilidade e abrasão de sua amostra. Os testes de moagem são usados para projetar circuitos de moagem e assim poder fornecer uma estimativa dos requisitos futuros de capital e energia da sua operação.

  • Magnética em escala de laboratório, Eletrostática, Separação por gravidade, Separação por meio denso (DMS)
    Algumas fases como ouro, magnetita, cromita, galena etc. podem ser extraídas de forma eficiente aproveitando-se suas propriedades de gravidade, elétricas ou magnéticas específicas. Quando possível, essas oprações de unidade sempre são projetadas em fluxogramas, devido à sua simplicidade operacional baixo custo, confiança limitada em reagentes e recuperação geralmente alta.

  • Flotação em escala de laboratório
    Os testes de flotação ajudam a validar os requisitos de tamanho de liberação (coletores, modificadores e depressores) cinética de flotação e requisitos de mais grosseiros, mais limpos, mais lavados. Os resultados desses testes fornecem os dados de grau e recuperação para concentrados e indicações de que impurezas podem estar nos concentrados finais. Os dados também ajudam a dimensionar o equipamento de flotação, avaliar o melhor tamanho de moagem/requisitos de remoagem e também ajudar a desenhar o processo de flotação de qualquer instalação em escala real posterior.

  • Testes hidrometalúrgicos em escala de laboratório
    Esses testes oferecem dados sobre a taxa de lixiviação, consumo de reagentes, temperatura, requisitos de gás e pressão e testes de adaptabilidade para circuitos de lixiviação ambiente, de pressão ou biológica. Os testes de hidrometalurgia em escala de laboratório também identificam preocupações ambientais devidas à presença de elementos deletérios.

  • Avaliação de variabilidade
    Todos os depósitos variam de acordo com a profundidade e a geografia. Antes de começar um estudo de escopo, os especialistas da SGS podem recomendar o domínio e a amostragem do seu depósito, de forma que as amostras usadas para o estudo de escopo inicial reflitam a variabilidade do depósito. A atenção a esses detalhes pavimenta a estrada para mais estudos geometalúrgicos e para a avaliação de variabilidade no estágio pré-viabilidade.

A SGS é reconhecida pelo setor de minerais como a empresa líder em testes metalúrgicos. Oferecemos resultados confiáveis para milhares de projetos, durante sete décadas de testes. Centenas de minas em operação utilizam fluxogramas da SGS. Faça com que o seu projeto progrida e cresça com a SGS.