Skip to Menu Skip to Search Contate-nos Angola Websites & Idiomas Skip to Content

Os requisitos energéticos do seu circuito de moagem são um fator importante na determinação dos aspectos econômicos do seu projeto. A SGS tem uma perícia inigualável na condução de testes de laboratório, como o Teste de Moagem Autógena de MacPherson, para projetar circuitos de moagem energeticamente eficientes. Avaliamos mais de 750 amostras de minério de mais de 30 depósitos utilizando o teste de moinho de 18" de MacPherson.

O Teste de Moagem Autógena de MacPherson determina o Índice de Trabalho Autógeno Correlacionado de MacPherson*. Ele pode ser usado em conjunto com os Índices de Trabalho de moinho de barras e moinho de bolas de Bond para determinar os requisitos de potência e para sugerir configurações de circuito para circuitos de moagem autógena (AG) e semi-autógena (SAG). A Terceira Teoria de Fragmentação de Bond é usada para calcular os requisitos de potência de rede.

É um teste de moagem seca em circuito fechado executado em um pequeno moinho SAG padrão, usando controle de nível de carga de moagem e classificação de ar para dar um produto de malha menos 14. O teste é executado continuamente, de forma parecida a uma pequena planta-piloto, por um mínimo de seis horas e até que um estado estável seja atingido.

 Foi determinada uma correlação entre o índice de trabalho operacional, determinado a partir de operações em escala real e de planta-piloto, e o índice de trabalho bruto determinado a partir de testes de laboratório.

Na conclusão do teste, todos os produtos são enviados para a análise de tamanho de partícula, e a carga do moinho é descartada e observada. A carga é enviada para análise de tamanho de partícula, assim como determinações de gravidade específica lado a lado. Isso permite a avaliação de qualquer acúmulo bruto preferencial ou concentração de densidade de partícula da carga do moinho. A potência do moinho, o rendimento e a distribuição por tamanho do produto são usados para computar um fornecimento de energia específico e o índice de trabalho autógeno de MacPherson.

Embora a importância de alcançar o estado estável em um teste de moagem ser amplamente aceito (testes de vínculo), o teste de MacPherson continua sendo o único teste de moinho AG/SAG em pequena escala que oferece esta opção. O estado estável é especialmente importante em moinhos AG/SAG, onde um componente mais duro pode acumular-se ao longo do tempo e afetar negativamente a operação.

Outra vantagem deste teste é a geração de uma carga aclimatada. Isso tem um grande valor a considerar-se os circuitos autógenos, onde os torrões maiores devem estar presentes no moinho, para proporcionar um meio de moagem.

A equipe de experimentados especialistas em metalurgia da SGS conduzirá o Teste de Moabilidade Autógena de MacPherson em combinação com outros testes de laboratório e simulação de circuito. O uso de diversas metodologias lhe oferece uma solução financiável incomparável em seu rigor. Entre em contato conosco para otimizar o projeto de fragmentação da sua jazida.

Requisitos para a alimentação de amostras

175 kg de minério menos 1 1⁄4”. A preparação do material de alimentação a partir de menos 4" através do grupo de teste é preferível, já que a distribuição por tamanho desse material é fundamental.

* MacPherson A. R., and Turner R. R., “Autogenous Grinding from Test Work to Purchase of Commercial Unit” (moagem autógena a partir do trabalho de teste para a compra de unidade comercial), Mineral Processing Plant Design, A.L. Mular e R.B. Bhappu, eds., AIME, New York, 1978, pp. 279-305.