Skip to Menu Skip to Search Contate-nos Angola Websites & Idiomas Skip to Content

A SGS Laroute fornece tratamentos de aditivos de combustíveis para auxiliar os proprietários de carga na resolução de problemas de manuseio e atender aos requisitos contratuais específicos.

Solução de problemas de manuseio

Os problemas de manuseio se relacionam sobretudo ao petróleo bruto, óleo combustível e gasóleo de vácuo. Os tratamentos mais solicitados são para ponto de fluidez.

  • Tratamento para o ponto de fluidez
    Os derivados de petróleo e petróleos brutos com alto ponto de fluidez necessitam ser manuseados cuidadosamente, uma vez que a temperatura ambiente fica abaixo da temperatura da aparência de cera (WAT) do petróleo, a fim de evitar problemas de bloqueio que podem surgir durante os métodos de transporte ou devido às condições no destino final. Os exemplos disso seriam:
    • Petróleo passando por uma cadeia de montanhas onde a empresa de oleoduto impõe uma restrição do ponto de fluidez, a fim de reduzir as chances de um bloqueio do oleoduto, ou
    • Petróleo sendo entregue através de um SBM em um oleoduto submarino. Neste caso, é importante que o ponto de fluidez do petróleo entregue esteja bem abaixo da temperatura do mar, a fim de evitar a deposição de parafina e o eventual bloqueio do oleoduto

Considerações de segurança

  • Limpeza H2S
    O sulfeto de hidrogênio (H2S) existe naturalmente em petróleos brutos ácidos e também é concentrado em óleos combustíveis mais pesados ​​durante o processo de refino. Esta concentração de H2S torna o transporte e o manuseio do petróleo extremamente perigosos. O perigo do H2S originou restrições locais de nível corporativo em muitos lugares do mundo por parte dos armadores, das autoridades portuárias, dos terminais de petróleo e das empresas de petróleo.

Cumprindo as exigências contratuais

O petróleo bruto e produtos petrolíferos são frequentemente comercializados de acordo com as especificações e exigências locais. Quando comercializados fora desta área local, o petróleo pode precisar de tratamento, de forma a satisfazer o mercado receptor.

Os governos impõem restrições diferentes às especificações dependendo da época, o que permite que os petróleos sejam tratados com mais facilidade dentro dessas condições. As especificações variam tanto de acordo com o local quanto com a época. Os comerciantes de petróleo, portanto, compram óleos diesel de qualidade básica e, em seguida, misturam os mesmos até atingir a especificação necessária para satisfazer o seu respectivo contrato de venda. Este processo pode ser muito simples ou muito complexo, dependendo das especificações a serem cumpridas e das melhorias necessárias para atingi-las.

O tratamento realizado em relação às especificações contratuais geralmente aumenta o valor unitário da carga em uma de duas formas:

  • Aumento do valor, por meio da da melhoria da comercialização do petróleo, uma vez que o aditivo custa menos do que o aumento do valor
  • Investimento em aditivo necessário, a fim de atender às especificações do mercado local

Por que a SGS Laroute?

Somos líderes mundiais no setor de serviços de aditivos, operando nos portos de exportação e importação da antiga União Soviética (FSU), Oriente Médio, África, Ásia, Europa e América do Norte. Nosso serviço é único. Nenhuma outra empresa tem a mesma cobertura geográfica, disponibilidade de estoque, equipamentos e acesso aos portos.

Atualmente, realizamos o tratamento de mais de 40 milhões de toneladas de petróleo bruto e de produtos petrolíferos por ano. Atuamos em 36 países com estoque de aditivos adequados às exigências do mercado local.

Descubra como os serviços de tratamento de combustíveis da SGS Laroute podem auxiliar as suas operações.